Sapato Masculino…  JEF

Ultimamente, os homens têm deixado o preconceito de lado e passado a se preocupar cada vez mais com o estilo e com a aparência. Prova disso é que, só nos últimos três anos, o mercado de moda e beleza brasileiro apresentou forte crescimento, com uma movimentação de aproximadamente R$ 20 bilhões na economia, segundo dados da Euromonitor International.
Dentro da moda masculina, um assunto que ainda gera polêmica é como combinar a meia com cada modelo de sapato. Afinal, será que é necessário abrir mão do conforto para não errar na composição do look? Ou tem como aliar ambos? Alanna Caroline, dona da franquia JEF – marca premium de calçados masculinos localizada no Iguatemi – em Brasília, afirma que basta saber combinar os modelos de sapatos e de meia. “Características como material, tipo, cores e comprimentos pesam na hora da escolha”, explica. Anote as dicas para não errar.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Sapatos sociais
“Via de regra, o estilo da meia deve combinar com o estilo do sapato. Logo, se a proposta é usar um sapato mais fino, a meia deve seguir a mesma linha. Modelos como oxford, brogue, derby e até os mais ousados como o monk strap, que têm solados em couro, pedem combinações com meia em microfibra ou seda, que sejam longas e tenham cor aproximada a cor do sapato ou da calça”.

Mocassim
“Mocassins, ainda que tenham um ar um pouco social dependendo do modelo, são considerados mais casuais. Assim como a versão dos sapatos sociais que tenham solado de borracha, que ganham um ar mais leve. Com eles, o ideal seria misturar a classe e o despojamento com meias sociais de materiais mais simples, como o algodão”.

Sapatênis
“O sapatênis, que são ainda mais casuais que mocassins e são normalmente usados em churrascos e ocasiões diurnas menos formais, pedem meias de algodão mais curtas. Sobre a espessura: nada de meias muito grossas! Este tipo de meia somente é indicado para a prática de exercícios físicos, com tênis esportivos. Dê preferência ao meio termo, já que, nesse caso, as finas também não seriam o ideal”.

Dockside
“O dockside é um sapato bastante versátil. Mesmo tendo uma pegada mais casual, ele pode ser usado para trabalhar e para alguns eventos diurnos um pouco mais formais. Porém a dica para este modelo é: não use meias. O mais recomendado é tomar os devidos cuidados higiênicos, mas, se não houver essa possibilidade, é válido utilizar ‘meias sapatilha’, ou meias invisíveis. Mas mesmo assim ainda há risco da meia aparecer”.

Meias coloridas?
“Fashionistas mundo a fora têm aparecido cada vez mais com as famosas happy socks, que são meias super coloridas e estampadas. A proposta pode ser ou dar destaque para a meia em meio a um look de cor neutra, ou fazer uma composição com alguma outra peça, como a calça ou a camisa, usando uma meia com cores parecidas. Elas podem ser usadas até mesmo com sapatos mais sociais, o que dá um toque mais casual e descontraído”.