O que comer nas festas juninas?

Junho chegou e, com ele, duas coisas que favorecem aquela escapada da dieta: frio e festas juninas. A poucos dias do inverno e em meio a tantos arraiás pela cidade, fica difícil se manter firme na alimentação saudável. De acordo com o nutricionista Daniel Novais, a maior vontade de comer comidas gordurosas no frio tem explicação.

“Nosso corpo tem uma temperatura ambiente. No frio, ele trabalha mais para estabilizar essa temperatura, demandando mais energia e mais ingestão de calorias”, explica.

Porém é preciso tomar cuidado, pois a maior necessidade de energia somada às tentações juninas podem resultar em vários quilos a mais.

“Ninguém precisa se privar de nada, basta ter bom senso, moderar e tentar fazer escolhas inteligentes. Não faz sentido botar em risco o resultado de meses em alguns dias”, garante o especialista.

Para acertar nas escolhas, Daniel dá algumas dicas.

Drible a fome
Já que as festas juninas são sempre tão recheadas de quitutes de dar água na boca, o segredo é não sair de casa com fome.

“Ir para esses lugares com o estômago vazio é uma armadilha. São muitas opções, e estando com fome é maior a chance de querer comer tudo de uma vez”, explica o profissional.

Logo, antes de sair de casa, é bom fazer um lanchinho.

Um de cada
Os meses de junho e julho – muitas vezes até mesmo o de agosto – oferecem festas juninas todos os fins de semana. Com isso, não é preciso comer todas as opções de comida em uma só festa.

“O ideal seria escolher um tipo de comida salgada e uma sobremesa por festa. Na próxima o cardápio pode ser variado e assim por diante. Basta segurar a ansiedade e apreciar a combinação que você escolheu”, indica Daniel.

Muita água
Mesmo comendo uma besteirinha ou consumindo bebidas calóricas, Novais garante que é importante não deixar a água de lado.

“A água ajuda no funcionamento do intestino, aumenta o metabolismo e diminui a retenção de líquidos. Beber bastante água diminui os efeitos das comilanças juninas”, aponta.

Escolhas inteligentes
Mesmo sendo conhecidas pelo teor “engordativo”, as festas juninas também oferecem opções mais saudáveis para comer.

“O milho cozido, o espetinho de frango ou carne, o cuscuz e até a pipoca são ótimos alimentos se consumidos de forma correta. Se puder, o ideal é que se escolham esses itens em vez de cachorros quentes ou pastéis”, exemplifica o nutricionista.