As Malditas

Comédia ‘As Malditas’…

As Malditas: duas irmãs com nomes de flores e almas de espinhos. A frase define bem o relacionamento conturbado entre as irmãs Rosa e Margarida, interpretadas pelos atores Franklin Pires e Carlos Anchieta. A peça, que já foi montada em várias capitais brasileiras e agora chega a capital federal.

“O espetáculo vem com um texto muito rico, que passeia pelo drama, mas vem com umas pitadas de comédia. Esperamos que o público goste! ”, diz o ator Carlos Anchieta.

No palco, duas irmãs que não se suportam. Margarida: analfabeta, viúva, pobre e fanática religiosa. Rosa é deficiente física, professora universitária aposentada e apreciadora de música clássica.
Rosa e Margarida se odeiam e vivem, a contragosto, uma difícil relação de dependência mútua. Na história escrita em 1997, as irmãs não alimentam bons sentimentos acerca da vida familiar e da existência.

Elas só têm duas coisas em comum: o mesmo sangue e o mesmo ódio. A montagem conta a estória da última noite que passaram juntas, se maldiçoando por tudo que fizeram ou deixaram de fazer. O texto da tragicomédia é do paraibano Saulo Queiroz e a direção do piauiense Arimatan Martins.

O Teatro Ary Barroso, do Sesc 504 sul, estreia nos dias 9, 10 e 11 de novembro, a trágica comédia `As Malditas`, que circulou os teatros piauienses e agora chega a capital federal sempre às 20h, com classificação indicativa 14 anos. Informações: (61) 9 8611-6620

Serviço:
Espetáculo: As Malditas, com Carlos Anchieta e Franklin Pires
Dias: 9, 10 e 11 de novembro (sexta, sábado e domingo)
Horário: sempre às 20h
Classificação: 14 anos
Local: Teatro Ary Barroso
Endereço: W3 Sul Quadra 504/505 Bloco A – Asa Sul
Ingressos: R$ 20,00 ( meia )
Informações: (61) 9 8611-6620
Patrocínio: Caixa Econômica e Governo Federal

Assessoria de Imprensa:
Eldo Gomes / (whatsapp) (61) 9 8181-6712